YouTube

Participe do grupo

 
Linhas que Movem
Fechado group · 171.797 membros
Participar do grupo
Sejam todos bem vindo! Criei este grupo para trocar informações e compartilhar trabalhos artesanatos.Divulguem seus trabalhos.
 

Como cuidar de cachorros no verão

em 26 dezembro 2018



Mantenha seu pet hidratado durante todo o dia: ofereça sempre água limpa e fresca (água gelada é ótimo). Você também pode oferecer água de coco (especialmente gelada) ou suco de frutas. Mas nunca dê suco de uva ou carambola pois são tóxicas para cachorros e gatos!



Evite focinheiras de nylon


Focinheiras deste material - ou qualquer outro que feche a mandíbula - não permite o cão arfar, o que impede a termorregulação do seu corpo. Por isso, se o animal realmente precisa usar o objeto para sair, escolha um tipo aberto na boca, como as de metal.
Fonte: Canal do Pet - iG @ https://canaldopet.ig.com.br/cuidados/dicas/2017-12-28/verao-diminuir-calor-cao.html



Nos dias de calor com o pet, evite passeios e dog walker nos horários mais quentes do dia. Não saia entre as 10hs e 15hs. E mesmo fora desses períodos, dê preferência para locais sombreados, com muitas árvores e piso de grama, que não esquenta tão rapidamente. Não passeie com seu pet se o asfalto da rua estiver quente. Lembre-se que as patas dos cachorros são muito sensíveis e poderão esquentar rapidamente.



Leve sempre algo para produzir sombra
No calor todo mundo fica em busca de sombra para fugir do sol e os cão são iguais. Sempre que passear com ele, fique atento se o local terá árvores ou algum objeto que produza sombra. O pet pode não aguentar ficar horas debaixo do sol. Caso leve-o à praia, não se esqueça de trazer um guarda-sol ou compre um chapéu-de-sol especial para cães.

Fonte: Canal do Pet - iG @ https://canaldopet.ig.com.br/cuidados/dicas/2017-12-28/verao-diminuir-calor-cao.html



Nunca deixe o pet sozinho no carro.
Se seu pet está ofegante, salivando muito, com dificuldades para respirar, prostrado (não quer se mover, não quer fazer nada), não quer andar, comer, beber água fique atento! Ao ver estes sinais de forma mais leve, ofereça um período de descanso na sombra com água fresca para seu pet! No caso destes sinais de forma mais grave, leve seu pet o mais rápido possível para uma clínica veterinária! Um animal excessivamente ofegante (especialmente gatos ofegantes), com dificuldades para respirar, aumento da frequência cardíaca e respiratória. Ou ainda com fraqueza muscular, salivação excessiva, muito parado ou muito agitado, vomitando, com a língua e mucosas azuladas ou acinzentadas, perda de consciência e convulsões pode estar com choque térmico, não perca tempo! Coloque sacos de gelo (especialmente nas axilas e nas região da barriga e entre as patas de trás), ligue o ar condicionado ou ventilador do carro e vá para o hospital veterinário mais próximo.



Tose cães com pelos longos ou escuros


Cães de longa pelagem ou na cor escura sofrem mais no calor, pois são mais suscetíveis a ter problemas. A melhor solução é tosar para manter o pelo bem curtinho. Alguns donos podem até não gostar do animalzinho sem pelo, mas é importante para ele resistir ao verão.

Fonte: Canal do Pet - iG @ https://canaldopet.ig.com.br/cuidados/dicas/2017-12-28/verao-diminuir-calor-cao.html



Diminua o comprimento dos pelos de seu pet (mas não exagere pois seu pet pode sofrer com queimaduras solares se não tiver a proteção de sua pelagem). Para gatos, especialmente os de raças com pelos longos, escove sua pelagem mais regularmente, isso irá ajuda-lo a lidar com o calor!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assim que possível responderemos, fique de olho em seu e-mail

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.



Topo