Participe do grupo

 
Linhas que Movem
Fechado group · 171.797 membros
Participar do grupo
Sejam todos bem vindo! Criei este grupo para trocar informações e compartilhar trabalhos artesanatos.Divulguem seus trabalhos.
 

Inscreva-se em meu canal

Click aqui e siga o blog também

11/23/2019

Dicas ganhar dinheiro, trabalhando em casa com artesanato

Dicas para ter sucesso com o artesanato





O sucesso de uma artesã esta em apresentar novidades dia após dia, construindo estratégias e investindo em cursos e materiais.
O grande desafio esta em inovar e desenvolver  produtos atrativos.
Participar de grupos ajuda muito na relação de conhecimento cada dia aparece uma nova tendência.
Nunca ceda diante da pressão.
Use redes socais para ouvir clientes, montar um grupo com pessoas de sua cidade é fundamental, para conhecer seus clientes  e seus respectivos gostos, cria enquetes para saber cores mais atrativas.A criatividade requer provocação e risco.
Copiar pode ser um atalho,mas raramente leva ao verdadeiro aprendizado, isso não quer dizer que não devemos aprender com a experiencia dos outros, mas significa modificar, tente trocar cores e etc... pois você deve ser reconhecido pelo seu trabalho.

A liberdade consiste em fazer tudo que não prejudica os outros.

Aprenda a controlar seu dinheiro


Sempre guarde de 10 a 30 % do lucro; este dinheiro jamais deve ser gasto, apenas investido para produzir .

Crie um pote da liberdade e guarde uma quantia qualquer ali todos os dias se possível, pode ser moedas de 5 a 1 real, até mesmo notas maiores. Um único centavo ou real, um centavo que seja seu ou todo dinheiro trocado. Use esse valor apena ao final do mês para seu beneficio próprio. 

Trace metas, Para isso, comece escrevendo em uma folha de papel o que você deseja conquistar até o fim do ano, nos próximos 5 anos e daqui a 20 anos. Esses serão seus objetivos em curto, médio e longo prazo. Definidos os objetivos, comece a quantificá-los:

Quanto custará esse sonho?
Quais despesas supérfluas posso cortar para juntar mais recursos?
Ao realizar esse exercício, ficará mais fácil estabelecer um planejamento financeiro eficaz e evitar tentações consumistas. A tendência é que, antes de comprar algo, você reflita:

Esse objeto faz parte do meu objetivo?
Estarei mais longe de conquistar o meu sonho se eu gastar esse dinheiro agora?

Registre todas as suas despesas
Você já teve a sensação de ter gasto todo o seu dinheiro e não saber para onde ele foi? Essa impressão do dinheiro não ter rendido é muito comum e acontece com praticamente todo mundo. Assim, para solucionar a falta de controle sobre seus rendimentos, é necessário, em primeiro lugar, anotar todos os seus gastos, por mínimos que sejam.

Crie o hábito de registrar em tempo real todas as suas despesas. Dessa forma, no final do mês, será possível separar seus gastos por categorias e estabelecer quais são os seus pontos fracos. Já existem inúmeros aplicativos para celular que são excelentes aliados nessa missão e, inclusive, montam gráficos que mostram onde você gastou mais dinheiro no mês.



Organização de trabalho



1º Criar uma boa marca, para dar valor aos seus trabalhos. Utilize seu nome ou crie algum para que os clientes te reconheçam.

2º Cadastre seus clientes, colocando nome, telefone e e-mail, para que você possa
sempre estar divulgando seus trabalhos, e desta forma fidelizando os clientes.

3º Fotografe e anote as peças produzidas, sempre colocando os valores de cada uma para venda e sua localidade ( cidade e estado). Isso pode despertar o interesse de possíveis compradores.

4º Invista em cartões de visita, isso é essencial para apresentação, além de demonstrar seriedade em seu trabalho.

5º Idealize uma embalagem, papéis de presente, entregue seu artesanato embalado, agregando valor ao produto.

6º Inove, esteja sempre aprendendo coisas e técnicas novas de trabalho.

7º Mantenha o ambiente bem organizado, assim como suas peças de trabalho, isso passa credibilidade para seu cliente.

Essas dicas, se observadas, além de gerar uma boa impressão para seus clientes, farão com que eles retornem e indiquem seus trabalhos para outras pessoas, aumentando assim suas vendas.

Agora que já sabe um pouco mais sobre a importância da organização do trabalho, aproveite e aprenda mais também sobre como e onde fazer para vender seus produtos artesanais.


Participe de feiras de artesanato.

Faça parceria com outras artesãs ou lojas.

Divulgue pelas redes sociais.

Venda em seu bairro.

Como calcular o valor


Você precisa calcular o preço que deve cobrar por cada peça, para não cobrar valores a mais e nem a menos, por valores que seja acessível para seu cliente, e, que você obtenha o lucro correto no final.

Como calcular preço de venda de artesanato

Decidir viver do próprio trabalho pode ser uma solução para muitas pessoas que querem se livrar dos problemas causados pela atual crise econômica brasileira. Dessa forma, o artesanato é uma boa maneira de trabalhar em casa e se tornar um profissional autônomo. Porém, para o artesão que ainda não tem experiência na comercialização de seus produtos, é sempre um desafio encontrar um valor justo, que agrade os clientes e que justifique o trabalho desenvolvido.

É importante lembrar que o preço não deve apenas cobrir os custos dos materiais utilizados, mas também a mão de obra do artesão e uma margem de lucro, que permitirá que o profissional possa se sustentar com essa atividade, além de gerar renda para a continuação e o desenvolvimento do negócio. Pense também em outras despesas necessárias como o uso de energia elétrica e água.

Como estabelecer o valor da mão de obra?
O primeiro passo para saber qual o preço justo para as suas peças de artesanato é descobrir o quanto vale sua hora de trabalho. Para isso, você precisa estipular um salário que pretende receber por mês e dividir o valor pelo número de horas que irá trabalhar.

preço de venda de artesanato
Coloque todos os gastos no papel para não se esquecer de nada.

Por exemplo, um artesão decide trabalhar em 20 dias úteis, durante oito horas, ou seja, 160 horas mensais, e quer faturar R$ 1.500,00 por mês. Nesse caso, a hora de trabalho do empreendedor vale R$ 9,37.

Qual a margem de lucro justa?
A margem de lucro do artesanato por peça depende de inúmeros fatores, como o número de clientes, a criatividade do artesão, o diferencial do produto, a força e a visibilidade da marca. A margem de lucro considerada justa na venda de uma peça pode variar de 30% a 50%. Lembre-se, é com esse valor adicional que você dará sequência a seu negócio e poderá investir em novos equipamentos e maquinários.

Como calcular o valor final do artesanato?
Agora você deve somar o custo com materiais, a mão de obra e o lucro desejado para definir o preço do seu produto. O artesão do exemplo acima gasta R$ 10,00 em materiais para determinada peça, que demora cerca de uma hora para ficar pronta. A margem de lucro desejada por ele é de 50%. Nesse caso, a conta deverá ser feita dessa forma: Matéria Prima (R$ 10,00) + Mão de obra (R$ 9,37) = R$ 19,37 + 50%= R$ 29,05.

Gastos com embalagens e embrulhos também podem ser acrescentados a essa conta. No caso das despesas com água e luz, nem todos os artesões costumam incluí-las, por geralmente trabalharem em casa, mas é opcional. Já os custos com frete são considerados adicionais, portanto devem ser pagos pelo próprio cliente e não inseridos nessa conta.

Outros pontos importantes que você deve verificar antes de produzir:


Quem é seu público alvo, vender para quem?

Quais são os seus gastos mensais com a produção? Anote tudo.

Quanto tempo dispensado na mão-de-obra?

Veja o instrumento de apoio gerencial: Prazos concedidos aos clientes e os preços de venda.

Com isso, o seu negócio entrará no nível profissional e suas vendas irão crescer.

Então, gostou das dicas?

Agora que você já sabe algumas dicas para ter sucesso com o artesanato , mãos à obra!

Desejo ótimas vendas!







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assim que possível responderemos, fique de olho em seu e-mail

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Topo